Nintendo Power Line, o serviço que ajudava os gamers antes da internet

Nintendo Power Line

Nintendo Power Line

Nas décadas de 1980 e 1990 com a popularização de clássicos como NES (Nintendinho) e Mega Drive, milhares de gamers  acabavam ficando frustrados por não descobrir os segredos de algum jogo.

Numa época que não existia internet, como tirar suas dúvidas sobre os jogos?

Digamos que você está numa fase impossível de passar e engasga sem saber como sair dela, como faria? No começo haviam três possibilidades.
1) Perguntar a seus amigos
2) Jogar até descobrir algo, mesmo que isso te irrite profundamente.
3) Rezar para uma dica de seu interesse sair em alguma revista especializada.

Por isso a Nintendo criou a Power Line, um serviço onde jogadores profissionais ajudavam os jogadores via telefone.

As linhas viviam ocupadas, e a surpresas nas contas telefonicas eram frequentes.

Inicialmente a Power Line funcionava apenas nos EUA, mais tarde chegando no Brasil, trazida pela Gradiente, representante da Nintendo no pais. Além da Power Line, os gamers também contavam com a Hot Line da Tectoy, representante da Sega no país.

Casos engraçados

Em uma procurada rápida, encontrei alguns facts que o pessoal lá do fórum do Uol Jogos publicou, retirados de uma revista antiga, relatando algumas conversas entre os gamers e os atendentes da Power Line. Segue abaixo dois dos relatos que achei mais engraçados:

GÊNIO DA MATEMÁTICA

Powerline James Tang:
PowerLine Nintendo, em que posso ajudalo?

Consumidor:
No novo jogo do Spyro, quantas outras fadas eu preciso pegar para ter 20 fadas?

PowerLine:
Bem, quantas fadas você tem até agora?

Consumidor:
Dezesseis.

PowerLine:
Então… se existem 20 fadas e você já tem 16, isso significa que você precisará de……. (pausa esperando que o cliente descubra sozinho)

Consumidor:
Não sei, você me diz.

PowerLine:

Consumidor:

PowerLine:
Quatro. A resposta é quatro fadas.

Consumidor
Ah. (desliga)

————————————————————————————–

ATLETA FRUSTRADO

PowerLine James Tang:
Obrigado por ligar para a Nintendo. Em que posso ajudá-lo?

Consumidor:
Acabei de comprar o jogo Track & Field para meu Game Boy e acho que tem alguma coisa errada.

PowerLine:
Qual é o problema?

Consumidor:
Bem, esta faltando o modo tênis de mesa.

PowerLine:

Consumidor:
O que eu faço?

PowerLine:
Na verdade o game Track & Field não possui um evento tênis de mesa.

Consumidor:
Por que não?

PowerLine:
Bem… eu acho que o jogo se chama Track & Field porque todos os esportes se passam ou em pista (Track), ou em um campo (Field). Certo?

Consumidor:
Ah… ok.

Então, alguém aí por acaso usou o serviço na época?

Fonte: UOL Jogos

O vídeo abaixo conta a história de um jeito bem legal.

 

0 Comments

Leave a Comment